leituras que achamos interessantes.

Clique no título do texto e abra o link. 

“Trinta anos depois (depois da Revolução Cubana, de Perón e de Cem
Anos de Solidão), os quatro se reuniram em Havana para discutir a criação de
outra escola de cinema. Durante este tempo García Márquez não havia
conseguido nem querido afastar-se do cinema, sua paixão de adolescente,
apesar da dedicação compulsiva, inebriante e tirana de inventar romances e
contos…”

“Suplico aos amados irmãos que, se possível, após conhecer as palavras do Mestre Saint
Germain, as remetais a todos os que procuram a Luz e, se porventura, administrais algum
Site, mesmo que de natureza comercial, as coloqueis lá, disponíveis para Download dos
internautas.”

Villafañe é um dos maiores, se não o maior, da América Latina.

Pelo que fez, pelo que contou, por como viveu. Uma lenda.

Esteve no Festival Bonecos Canela, lá nos idos dos ano 90 do século passado. Privilégio.

Aqui uma grande obra de um grande mestre.

Dissertação da Ana Carolina Müller Fuchs, de 2005, onde ela nos apresenta sua pesquisa sobre os processos cognitivos que envolvem a construção da improvisação teatral a partir do trabalho do ator, com base em Piaget e Viola Spolin.